Mãe Formada, Família Restaurada!

IRMÃ DULCE É CANONIZADA, E SE TORNA PRIMEIRA SANTA BRASILEIRA DOS TEMPOS ATUAIS

Ela é chamada de Anjo Bom da Bahia, e não é à toa. Maria Rita de Sousa Brito Lopes nasceu no dia 26 de maio de 1914 na cidade de Salvador. Cidade que Irmã Dulce escolheu não só para viver, mas para fincar a sua missão de vida: cuidar, amparar e curar os doentes. A agora, Santa Dulce dos Pobres dedicou todos os seus dias a estar ao lado de quem mais necessitava, tendo transformado já adolescente a casa do seu pai, o dentista Augusto Lopes Pontes em um centro de atendimento a doentes e mendigos.

Hábito que ela levou para a sua vida religiosa, onde em 1949, após peregrinar por diversos locais da cidade de São Salvador com seus doentes, ela se abriga no galinheiro ao lado do Convento Santo Antônio, e é nesse local que abre, cresce e ainda hoje funciona as Obras Sociais Irmã Dulce, um hospital que faz 100% dos seus atendimentos pelo SUS, e com amor e carinho, assim como pregava a Santa brasileira.

E hoje às 5h da manhã (Horário de Brasília), não só a Bahia, não só o Brasil, mas sim o mundo conhecerá quem foi Irmã Dulce. Esse é o horário da canonização da Santa, que se tornará então a primeira santa de nosso tempo nascida no Brasil e sua canonização será a terceira mais rápida da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte) e de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa).

A data a ser comemorada o dia de Santa Dulce dos Pobres será 13 de agosto, dia em que recebeu o seu hábito de freira, na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, e que em homenagem a sua mãe, que ela havia perdido quando tinha apenas 7 anos, adota o nome de Irmã Dulce.

E como bem nos lembrou o Diretor Espiritual da Bahia, Padre Manoel Filho, um dos integrantes da Comissão que está cuidando de toda a celebração festiva que será realizada no próximo domingo, 20, na Arena Fonte Nova, em Salvador, nós estamos vivendo um final de semana abençoado. Não deixem a Graça passar.

“Que fim de semana é este?
Uma onda de sacralidade invade o nosso país nos próximos dias.
No dia 12, festejaremos nossa padroeira, a Senhora Aparecida.
No dia 13, a Rainha da Amazônia, Senhora de Nazaré e Santa Dulce dos Pobres.
Não percamos a hora da Graça. Não nos percamos em abordagens que nos tirem do essencial. Nossa Senhora, sob os títulos de Aparecida ou Nazaré e Santa Dulce nos mostram Jesus Cristo. Sigamos, com elas, para Ele.” (Padre Manoel Filho)

Viva Santa Dulce dos Pobres!

Compartilhar

Leia Também

ESTÁ CHEGANDO A HORA! 10º ENCONTRO NACIONAL E 3º ENCONTRO INTERNACIONAL. CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Agora faltam poucos dias, mães. Estamos nos aproximando do 10º...

HOMENAGEM PÓSTUMA DOM GERALDO LYRIO ROCHA

O Arcebispo Emérito de Mariana-MG e ex-presidente da CNBB, Dom...

NESTE FINAL DE SEMANA PARANÁ REALIZA O SEU 6º ENCONTRO ESTADUAL, SE INSCREVA JÁ

Dia 16 de setembro, o estado do Paraná realizará o...